6

Procrastinação - ou Porque eu não posso trabalhar em casa

Parece conveniente ficar de pijama o dia inteiro, mas a verdade é que tentando trabalhar na minha tese em casa ontem eu:
- Arrumei todos os meus imas de geladeira (muito importante, como todos sabem)
- Fiz uma triagem dos trabalhos artísticos das crianças (urgentíssimo na lista de prioridades)
- Arrumei a biblioteca das crianças (havia chegado a hora)
- Joguei 5 sacos de lixo fora só andando aleatoriamente pela casa
- Comi 20 brigadeiros com damasco (restos da festa da amiga no Domingo)
- Fiz uma análise dos meus dados (ah sim, eu tenho que terminar minha tese em um mês!)
- Arrumei uma das planilhas que tinha um erro (ufa! que dia útil! Ainda bem que eu fiquei em casa pra trabalhar)
- Carreguei todas as fotos de 2012 no album eletrônico (minha mãe pediu e pedido de mãe não se nega)
- Comi mais uns 10 brigadeiros (almoço)
- Marquei no livro as receitas de cupcake que eu quero fazer em breve (planos para o futuro, recompensa pelo trabalho árduo)
- Quando fui escovar os dentes conclui que precisava de uma escova nova, então fiz uma caminhada de 30 minutos ate o supermercado para comprar uma escova (exercício e oxigenação do cérebro aliados a necessidade de trocar sua escova a cada mês - saúde é o que interessa, a tese não tem pressa!)
- Quando cheguei em casa de volta descobri que a escova, que eu tinha colocado no bolso, tinha caído em algum lugar pelo caminho (obviamente eu só descobri isso quando fui escovar os dentes de novo e fiquei pensando... pera aí... eu saí pra comprar a escova...)
- Entrei em pânico pela escova, mas conclui que a real causa do pânico era porque já era oito horas da noite e eu não tinha feito nada.

E é por isso que hoje eu vim para um café, onde minha única distração é a internet... e daí achei justo e certo escrever isso.

E é por isso que a partir de amanhã eu vou para uma ilha deserta sem internet ou qualquer outra coisa em um raio de 100 kilômetros.


6 comentários:

Pat disse...

Eu coleciono imãs de geladeira e sei que dá um trabalhão arrumar eles rsrs

Lúcia Soares disse...

É, Keiko, você enrolou mesmo a sua tese.
Mas bom que organizou algumas pendências, quer dizer, procrastinou numa coisa e se situou em outras.
O detalhe da escova de dentes daria uma outra tese...
Melhor trabalhar numa biblioteca, com computador proibido de "sintonizar" internet-para-o-lazer.
Vi um vídeo seu no MMQD e gostei de conhecê-la.
Beijo!

Mari Mari disse...

muito engraçado! eu tinha dias assim quando tava escrevendo meu mestrado tambem. No fundo, enquanto voce tava ali, arrumando ima de geladeira e separando livro das criancas, a sua mente tava trabalhando em dados, hipoteses, analises. se tivesse ficado com os documentos e as planilhas abertas, teria ficado olhando com cara de tapada e no fim do dia, ia ter escrito uma página. eu comentava isso com uma amiga esses dias: as vezes a procratinacao ajuda a organizar o que voce tem em mente. eu tenho uma outra amiga que escreveu tese de mestrado em dois meses. passou um ano pensando, avaliando, organizado, sem escrever uma linha. em dois meses, sentou a bunda e escreveu umas 150 paginas. depois ele repetiu o feito pro doutorado, no mesmo esquema. quando a sua mente estiver pronta pra escrever, voce vai virar noite digitando. ou nao?

Lilian disse...

agora você vai perder mais um minutinho e me mandar o link do tal álbum eletrônico, combinado? ;)

Olha, tô apostando q sim, mas vc por acaso tem uma conferência na primeira semana de junho? Vou ficar admirada se não tiver, mas daí vou ficar feliz de talvez poder vê-la. Tamos pensando em aparecer por estas bandas, mas depois damos mais detalhes. Beijos.

AGORA, PERAÍ!!! Eu nunca tinha ouvido falar em brigadeiro com damasco, essa vc vai ter que me explicar!! Tem pedacinhos de damasco? Ou um pedaço grande no meio. Meu, já tô salivando. Melhor q isso só aqueles morangos com leite condensado caramelado em volta cobertos de chocolate. AHHHHHHH!!!!!!!

Lilian disse...

P.S. o único jeito de eu terminar foi os meus pais morarem com a gente, trabalhando de graça na casa (quer dizer, pagando pra estar ali) e cuidando dos meninos. Daí, forçada, eu terminei. Vc precisa arranjar alguma motivação externa!!

Lilian disse...

acho q o blogger comeu meus dois looongos comentários. :( Eu não mereço...