6

Errata

Sobre o post "Fazem 5 meses..." de 19/11/2006

Caros leitores,

Venho por meio desta corrigir um erro fatídico no "post" supra mencionado.

Confesso que quando estava escrevendo o dito cujo a dúvida foi grande entre "Fazem 5 meses" e "Faz 5 meses". Por precaução, pensei em colocar "Há 5 meses..." no lugar, mas como o verbo haver neste caso parecia transmitir uma idéia de algo pontual como em: "há 10 anos eu cabulei a aula de gramática que ensinava essa regra", e não eventos ocupando um espaço contínuo no tempo transcorrido como em: "Faz 15 minutos que eu estou morrendo de ódio por ter cometido tal erro", acabei optando pelo "Fazem". Lembro-me até que no dia, consultando o "Pai dos pobres e desvalidos de Gramática", o Google, haviam exemplos de ambos...então acabei optando pelo acordo de número, ledo engano.

Me vem hoje o irmão que, colocando a leitura em dia, detectou o erro e veio implacável "tirar uma da minha cara", bem quando eu estava cantando os louros da minha qualificação do mestrado, e do convite feito pelo comitê de graduação para "pular" para o doutorado...pobre menina rica...se achando tão inteligente! Ao que tudo indica, quando falando de tempo, não se faz o acordo.

Bom, como eu não quero Camões se revirando na tumba, nem tão pouco as linhas deste pobre blog publicadas em algum livro de Gramática sob o título: "Nunca faça isso" , o post já está editado e fica aqui a errata, acompanhada de um conselho:
Não confie no Google, tenha sempre uma Gramática em mãos.
E também um pedido aos caros leitores:
Quando virem algo assim, não "vos avexeis", corrijam-me! Afinal de contas, já diria (se soubesse falar) Tentativack ao tentar rolar sem sucesso (em tempos remotos): "É errando que se aprende", ou "Só não erra aquele que não tenta" e todas estas frases feitas para aqueles que
sentindo-se um lixo após um erro, não se joguem da ponte...ainda existe esperança! (Dramática a menina...)

E falando em jogar-se da ponte, eu ia até escrever um post de verdade, mas como auto-flagelo, vou dormir!

6 comentários:

Deby disse...

kkkkkkkkkkkkkkk
vc é ótima!!! Até pra consertar um erro, nos proporciona uma leitura divertida.
Por isso q sou fã do seu cantinho.
Um maravilhoso findi semana pra tu.

Flávia disse...

Keiko,

Pode corrigi-la ? Não diga isso, Menina, não me provoque, que você não sabe da minha chatice gramatical.

Mas, já que tenho sua aprovação: também na errata você escreveu "haviam exemplos de ambos...", quando o correto é "havia exemplos de ambos". O verbo haver no sentido de existir é sempre invariável.

Como diz meu adorado Veríssimo (o filho): "a gramática precisa apanhar, para ela ver quem é que manda".

Beijinhos gramaticais.

Keiko disse...

Ah Flávia, não é provocação, é pedido mesmo...
Eu sempre fui mais de prosa do que de regra, isso em qualquer língua. A memória fraca, a falta de prática e a pouca atenção que presto enquanto escrevo esse blog certamente ajudam muito a "passar batido" por várias regrinhas preciosas do nosso bom Português, o que não justifica, nem me agrada, aprender ou relembrar sempre é bom. Portanto querida, vá em frente, divirta-se e corrija-me sempre que quiser!

Deby disse...

Dizem que lá (o acampamento em Acuípe) é lindo. Acho que uns amigos meus da minha igreja (batista) vão passar o reveillon lá.
Eu vou p/ o da igreja, que fica em Marisol (praia do norte de Ilhéus). A ida a Barra Grande não deu certo. Ficou só na vontade...hehe
Boa viagem e boas férias.
bjos

Marco Aurelio Brasil disse...

Eu ia falar do "haviam" crente que chegava antes do Denílson, mas não contava com a astúcia da Flávia.

E aí? Você vem ou não vem? Espero que dê tempo da gente se ver, porque semana que vem vamos a Ubatchuba.

Ny disse...

Parabéns!!!!
Vc é o orgulho da família [seria mais ainda se fosse, de fato, da família...Mas como diz um amigo meu (e parente): "Me dê dois adventistas e 15 minutos que eu acho um parentesco]
Esses dias eu e o Ti estávamos confabulando sobre quem seria o primeiro a galgar a vida acadêmica, e entre nós dois, acabamos de optar por vc, que tudo fica mais fácil!!!

E que se danem os erros gramaticais...