6

Para baixo e avante!

Estou realmente decidida a ter sucesso nessa empreitada contra o frio.

A experiência "skiática"de hoje foi um sucesso, 5 descidas e apenas 1 mísero e insignificante tombo. Ficou evidente que a culpa do insucesso na vez anterior era do esqui de $3,99 que o marido arranjou, e não da esquiadora que vos fala, que nasceu mesmo pra coisa. Achado o culpado, esqui novo no pé, sucesso absoluto. Chame de sucesso uma pessoa dita adulta descendo a 1,5km/hora, na diagonal (enquanto crianças de 3 anos descem "reto"), na pista infantil - detalhes são detalhes, ninguém se importa. Minha sorte é que com todos os meus 151cm e toda aquela rouparia ninguém pode identificar se se trata de uma mãe de família ou apenas uma criancinha muito descordenada. Isso que dá ficar brincando na praia, a gente aprende a nadar, mas esquiar...nientes.

A parte ruim foi quando sem conseguir frear, quase (quase é um exagero, passou longe mas perto o suficiente pra dar um bom medinho) fui atropelada por uma daquelas motinhos de neve. A parte boa foi que finalmente tive a idéia que me fará rica: freios de ski a base de gritos - quanto mais você grita, mais rápido ele para. Aguardem o próximo inverno. Por alguma razão que desconheço, eu sou a única pessoa que grita desesperadamente descendo aquela coisa. Toda vez penso, na próxima eu não grito, mas quando vi, lá estou eu aos berros. Espero que não haja risco de avalanche.

Mas a minha parte preferida mesmo, ainda é quando subo na esteirinha rolante pra voltar ao topo da pista...quanta segurança! Durante a subida dá tempo até de pensar no que escrever no próximo post, o que fazer amanhã, o que comer quando chegar em casa, enquanto que, na descida, só consigo pensar no que será do meu filho quando sua mãe chegar morta no fim da pista.

Princhuquinho, exausto após a aula de natação, desta vez ficou em casa com Papai-doente enquanto Skieiko mostrava pra todas aquelas criancinhas-minúsculas-metidas-a-esquiadores-profissionais que desciam sem exitar que, pode demorar, mas a gente chega lá.

A gente vive ouvindo que tem que chegar ao topo, nunca pensei que um dia a coisa se inverteria tão drasticamente...chegar em cima é fácil, agora embaixo...

6 comentários:

deby disse...

Eita, mas daqui a pouco vai estar nas olimpiadas de inverno...rsrs
Queria tanto trocar as praias daqui pela neve daí (pelo menos por um dia).
Divirta-se muito, querida, e cuidado...hehehe.
bjocas

Shalom!!

Marcia - a skiadora profissional disse...

Pessoalmente eu acho que no fim das pistas de ski deveriam ter umas redes de tenis gigante para te segurar no caso do freio do ski nao funcionar. Assim voce nao corre o risco de ir parar na autoroute 20 de novo :)

***TATTY* disse...

KKK...tô até vendo a cena, e depois de ver as fotos que vc mandou esse mês parece que estou até vendo vc aos berros...kkkk
Olha, o modelo do álbum realmente ajuda muuuuiiiito, confesso que estou me coçando pra não mandar revelar mais fotos dele!!! Mas preciso fazer o da minha modelete!!! kkkk
Bjus

***TATTY* disse...

ô Keiko!!! Para de comprar adesivo e coloca a mão na massa!!! Daqui a pouco o Zack de herança vai ter uma coleção de adesivos...kkk

Keiko disse...

Deby: O problema vai ser só escolher se eu vou representar o Brasil ou o Canadá nas Olimpíadas...pra evitar conflitos diplomáticos, vou ficar de fora.

Márcia: Gostei da idéia, será que eles tem uma caixinha de sugestões?

Tatty: Vide post novo! Botei os adesivos pra funcionar...agora posso ficar mais uns 7 meses sem fazer uma página nova!

Lilian disse...

Nossa, to impressionada, legal q vc ta ficando uma esquiadora de primeira!!