4

No supermercado

Outro dia falei de como volta e meia a gente tromba com alugma comida que parece com alguma outra comida que teoricamente não existia aqui. Faz falta achar suco de maracujá e requeijão assim, ao alcance das mãos, mas eventualmente a gente acha umas coisas parecidas pra matar a saudade e outras tantas diferentes, pra dar a volta ao mundo em 80 comidas. É como um supermercado "Extra", por exemplo, tivesse produtos diferentes dependendo do bairro onde está. Essa semana estava voltando de uma reunião em um bairro com muitos judeus e resolvi passar no supermercado pra dar uma espiada e achei um queijo branco de Israel que tem tudo pra ser queijo minas, só falta o "uai". Além disso achei um monte de produtos Kosher como um hamburguer de grão de bico que parecem deliciosos.


Outra coisa de supermercados e lojas em geral é que aqui hora de fechar é hora de fechar. Não tem essa de "quem está dentro fica". Quando deu o horário a luz apaga, o povo te bota pra fora sem dó nem piedade, se não passou no caixa problema seu, nada de "pode ficar a vontade, madame", aqui é "cai fora minha filha, toma vergonha na cara e chega mais cedo da próxima vez". Acho certo e justo, todo mundo tem direito de ir pra casa no horário que acaba o trabalho e não ficar esperando a boa vontade do povo. Eu e meu espírito brasileiro de "o consumidor sempre tem razão" já fiquei com carrinho cheio de coisa sem ter caixa pra passar, agora não vacilo mais, apagou a primeira luz eu vou voando pro caixa, treinada.

Ah, e comprei farinha de pão. Mas isso foi 'so depois de ter comprado um saco de 5kg de farinha "pra toda obra" que vai durar no mínimo uns 7 anos, porque agora eu tenho uma máquina de pão, mas ninguém, ninguenzinho alertou a pobre alma aqui que pra fazer pão precisa de farinha de pão. Eu, hein?!


4 comentários:

Lilian disse...

Bom, eu faço pão na máquina com farinha normal mesmo... uma vez ou outra dá errado, depende também da receita. Sabe o que é farinha de pão? Farinha normal com um pouco mais de glúten. Então, se vc encontrar por aí aquela farinha de glúten, é só acrescentar um pouco à farinha normal, viu?

Aqui nos States eles são mais flexíveis com esse lance de fechar loja. Além de q supermercado por aqui, a maioria deles, fica aberto 24h, ou pelo menos até a meia noite. Bom, né?

Fabiana disse...

Pôxa, eu tb tem a panificadora! Apesar de usar pouco essa maquininha, pra mim, farinha de pão sempre foi a farinha de trigo normal!!!!

Bom final de semana, e bom "pão" pra você!

Anônimo disse...

Farinha de pão, ou farinha de rosca, é a farinha feita com o pão francês, mesmo, ralado, quando está duro. Aqui no Brasil, pelo menos, é isso!!!
Lúcia Soares

Nina disse...

Lá na Inglaterra o esqueminha do supermercado também é esse... é o tipo de coisa que deviam ensinar em toda escola pra gente não perder uma hora fazendo feira e depois ter que abandonar o carrinho lá, pronto pra passar pelo caixa e ir embora de mãos vazias... =D

E falando em comida... Qdo a gente tá fora sempre reclama de tudo que ficou no Brasil - fiquei um mês nos States reclamando da comida sem parar, perdi 3 quilos, e no último dia arrumando a mala pra voltar achei uma passatempo recheada, vê se pode!!! Mas depois que volta pra casa vez por outra lembra das delícias que tinha por lá e que vc não aproveitou o suficiente - Tô aqui desejando um cheescake de morango, ai... nunca comi outro igual!!! Como é que eu não fui naquele restaurante toda noite???
Até algumas comidas da Inglaterra eu sinto falta...