9

$33,85

Ganhei de presente de uma amiga um "vale-manicure". Manicure não, porque manicure é coisa de pobre, um vale -"soins complete netteté des mains avec verniz" (algo como: "cuidados completos de limpeza das mãos + esmalte).

Nunca, nunquinha na minha pobre vida canadense eu tinha ido à manicure (e cada vez que vou ao Brasil pareço uma recém chegada de um campo de concentração, logo, necessitando de cuidados essenciais à sobrevivência como corte de cabelo, depilação completa e manicure/pedicure) e dessa vez lembrei o porquê. Mas como tinha sido presente, lá fui eu, dar uma de "madame" (porque você pode achar que "mão e pé" é coisa que se faça toda semana, mas pra quem já conheceu gente - e mais de uma - que aos 30 anos NUNCA na vida se quer fez as unhas, na manicure ou fora dela, como muitas quebequenses, manicure é definitivamente coisa de madame).

Chego na hora marcada, abro a bolsa pra pegar meu vale-presente e cadê? Desmemoreiko teve a capacidade de marcar o horário e esquecer o vale-presente em casa. Como aqui não é Brasil e dificilmente se dá um jeitinho (do tipo pagar no dia e trazer o certificado no dia seguinte pra ser reembolsada), muito sem graça que fiquei, resolvi fazer a mão e pagar, já que era dia dos namorados e íamos sair a noite.

Entramos na sala que estava mais pra centro cirúrgico do que salão de beleza, tudo muito limpo, muito esterelizado, mesa forrada com papel descartável, mocinha de máscara e luva, uma coisa de louco. Antipática que sou e como odeio jogar conversa fora em salão, peguei meus textos e comecei a ler enquanto a mocinha fazia minha unha. Um artigo (de 7 páginas) inteirinho depois, ela acabou uma mão. Olhei assim, ao acaso pra minha unha e em desespero pergunto:
- Você não vai tirar a cutícula?
- Ah não, eu não encosto em cutícula, porque você quer tirar a cutícula?
- Porque é assim que se faz unha????
- Ah não, não precisa não, não, não...
- Moça, eu quero tirar a cutícula!
- Ah, mas não...eu não mexo em cutícula.
- Pois pode mexer agora minha filha, porque eu não vou pagar $30 mais taxas pra você fazer absolutamente nada!!!!! -- Tá bom, isso eu não falei, mas que pensei, eu pensei, ao invés, o que eu falei foi um cortês, pero no mucho:
- Silt-tu-plait, enlève la cuticule... (porque em francês assim como qualquer folhadinho de cogumelo vira um "vol-au-vent aux champignons", qualquer conversinha desaforada parece muito mais chique - apesar de que eu nunc aprendi na aula de francês a escrever cutícula, até porque acho que isso não faz parte do vocabulário).

Muito lentamente e com as mãos visivelmente trêmulas, a mocinha tirou aproximadamente 1/20 da minha cutícula, passou um esmalte que ficou todo manchado e pronto. Nada de creminho exfoliante, nada de massagem, nada de spray secante, nada. Paguei $33,85, ou R$60,00, se preferirem. No Brasil com essa quantia eu sairia magra e loira, fácil. Ao invés disso, saí bufante e com uma raiva interna que só quem já pagou "quinze real" pra fazer pé e mão, com direito a frescuras, pode entender.

9 comentários:

Deby disse...

Que horror!!! vc foi praticamente assaltada a mão armada (alicate tb é arma...rsrs).
bjocas

camino disse...

Noooooooooossa! As brasileiras precisam montar um salão de beleza - pelo menos unhas e depilação - URGENTE! hahahahaha

Bibi Move disse...

Mas você é mesmo a Chiqukeiko, hein guria?!
Hi-lário.
No Brasil eu trabalhava no laboratório de fotografia, minhas mãos fiavam destruidas pelos químicos e por isso eu ia no salão toda a semana, na seta, depois de dar aula no lab. Aqui?
Nunquinha!
O mais terrível é que sempre que vou pra lá estranho o salão. Mão até consegui fazer, mas pé nunca mais. Me sinto desconfortável com um ser esfoliando meu chulé...e mais ainda em ter que dar beijinho no final!
Ei, ei ei, vamos no parque sim!
Te ligo em poucos momentos.
té mais
bibi's

Claudia Borboleta disse...

Por isso que as J. Sisters deitaram e rolaram em NY baby!

Claudia El-moor disse...

Não é mole, não!!!
Esta semana já implorei para minha cabelereira e minha "sobrancelhista" me ensinarem como me virar enquanto estiver em Toronto (e elas me atenderam!).
Ah! Comprei uma espátula na Sephora que é ótima para tirar a cutícula, viu?

Marco disse...

Em resposta à última frase: Eu não entendo.

Adriana disse...

Oi Keiko, tô visitando seu site e li esse teu post e achei ótimo!! Sou esposa do Sandro que te escreveu esses dias, muito prazer!

Gostei de saber disso porque assim tenho esperança de fazer uma grana por aí...e virar assaltante a mão armada tb ha ha .
Aqui em Curitiba entre outras coisas, eu trabalho com estética e eu minhas amigas que vamos ano que vem (sim somos um pequeno povo mui feliz :o) e imigrante)estamos planejando montar um espaço de beauté em Montreal... seja como for talvez a gente possa te mimar um pouquinho pra um revival do Brasil. Um abraço! Adri.

Lana disse...

Keiko, querida, pra mim, o duro foi encarar os $33,85 sem ter nenhuma "Contigo!" para ler. Afe!

Flávia disse...

Parabéns pro Aniversariack!

Tem presente melhor que vale-manicure? Marido Gringo sempre me dá de presente de dia dos namorados. Criativo!

41 graus em Montréal? Aqui ontem fez 13 graus. Inveja pura.

Beijinhos parabenizadores,
Flávia do Iglu e Pacotinho de Aniversário Junino.