11

1 mês e 2 dias

Gente! Só hoje me dei conta que a pobre Abandonina fez 1 mês no sábado e eu só percebi hoje! Primogenitack teve até festinha de 1 mês com direito a bolo e brigadeiro...já a pobrezinha, só foi lembrada dois dias depois. Coisas de segundo filho? Eu, sendo a segunda da minha família devia saber. Um dia fomos fazer um álbum de dia das mães pra minha mãe e facilmente constatamos a degressão geométrica (ou seria aritimética? Isso é, se degressão for mesmo uma palavra) da quantidade de fotos entre meu irmão mais velho e os dois próximos sendo que o terceiro, coitadinho, tinha visivelmente menos que nós dois.

Como ficou definido que segundo filho não tem muita vez, e como nenezinho de 1 mês e 2 dias, apesar de ser fofinho e bochechudo e fazer barulhinhos gostosos, não faz muita coisa que não cuidar de suas próprias necessidades básicas (leia: comer, dormir, cocô e xixi - porque eu sou menina fina e não falo cagar e mijar, que é muito feio, nem defecar e urinar, porque é muito estranho...), aproveito o post comemorativo do mensário de uma, pra falar das peripécias do outro. Fomos tomar um "brunch" ontem, Civilizack senta no cadeirão, pega o cardápio, "lê" e quando a garçonete chega na mesa ele é o primeiro a falar:
- I will have a bagel, please.
Não sei se me pegou de surpresa porque a gente só escuta ele falando português, ou se eu é que sou muito abestalhada, mas nem dormi a noite depois dessa (a verdade seja dita, quem dorme a noite com um bebe de um mês em casa?)

Quanto a comemoração do primeiro mês, será que comer pizza assistindo Madagascar 2 conta? Se não, vou fazer um photoshop de uma super festa, e colar a gente lá, ela não vai saber nunca...o único problema é que antes eu definitivamente tenho que aprender a mexer no photoshop. Bom, melhor deixar pra lá, fica registrado:

Filhinha, a mamãe é meio distraída e muito esquecida, mas te ama tanto que não te trocaria nem por um milhão de brigadeiros (e olha que se tratando da sua mãe, essa seria uma barganha e tanto). Faz só um mês que você chegou, tudo passou tão rápido, mas você já é um pedacinho essencial da nossa família e fazer tudo com você em cima de mim ou pendurada em mim é minha nova e prazeirosa diversão. Eu não acharia ruim se você decidisse dormir a noite, mas sendo filha de quem é, eu entendo. Também não me importaria se você não vomitasse em mim 20 vezes por dia ou não fizesse cocô 2 segundos depois de ser trocada, mas isso faz parte do pacote. Eu poderia ficar horas olhando e rindo sozinha das caretas que você faz enquanto dorme, queria guardar numa caixinha cada sonzinho que você faz quando mama e dorme, queria ter a memória exata dos seus longos olhares pra luz e pra gente. O tempo vai passar e esse primeiro mês vai ser só uma fração minúscula da sua história, mas quero que você saiba que mesmo nessa fraçãozinha de tempo, você foi amada por toda uma vida. Olho pra você e te vejo astronauta, te vejo prêmio nobel da paz, te vejo mochilando pela Europa, te vejo fazendo coisa escondida e me contando depois (não custa sonhar...), te vejo em tantas coisas minha filhinha, mas por enquanto te vejo assim, só minha menininha do bochechão enorme, dos olhos cinza que vovó jura serão azuis, do cabelo arrepiado, do cheirinho de bebê e tudo que eu quero, por mais clichê que seja, é te ver feliz.
Feliz 1 mês e 2 dias!

Valsa Para Uma Menininha
Toquinho / Vinícius de Moraes
"Menininha do meu coração
Eu só quero você a três palmos do chão.
Menininha não cresça mais não,
Fique pequenininha na minha canção.
Senhorinha levada, batendo palminha,
Fingindo assustada do bicho-papão.
Menininha, que graça é você,
Uma coisinha assim, começando a viver.
Fique assim, meu amor, sem crescer,
Porque o mundo é ruim, é ruim, e você
Vai sofrer de repente uma desilusão
Porque o mundo somente é seu bicho-papão.
Fique assim, fique assim, sempre assim
E se lembre de mim pelas coisas que eu dei.
E também não se esqueça de mim
Quando você souber, enfim,
De tudo que eu guardei."

11 comentários:

João o Astronauta disse...

Parabéns pequenina!!
Em tempo: o blog está lindo!
E a pergunta que não quer calar:
Quem é Thiago?

beijos. Flavia

Claudia Borboleta (Japa) disse...

Abandonina...tadinha!!!

Camila disse...

Que amor mais lindo, meu Deus!

Josi disse...

Lagriminha no olho..rsrsrs emocionei!!

Deby disse...

Que emocionante sua homenagem pra coisinha mais linda da blogosfera.
Felicidades pra ela.
bjinhos

Mirian disse...

Da até vontade de chorar de emocao...que lindo!!!

Quanto a ser segundo filho...ah, ela nao viu nada ainda...rsrsrs

bjinhos

Lilian disse...

Ai meu pai, que coisa esta de fazer os outros chorar assim, mamãezinha da menininha...

Que lindo! ok, lindinho, pro Vinicius ficar felizinho, já q vc o citou.

Mas parabéns pro trinlíngue menino... Qualquer dia a gente aparece por aí (cunhados com data marcada pra desponter por aí) e daí vamos conferir o inglês do pimpolho quando chegarem os dois amigos apenas bílingues. I can't wait to meet your family!!!

Dora Dolabela disse...

Felizina ficara' muito mais contente com essa declaracao do que se tivesse 1000 fotos de 1 mes de vida!
Mudando de assunto... como faz um template lindo desses, hein?

Inêssa disse...

Keiko,
Todo mundo diz que segundo filho é mais abandonadinho, mas nunca menos amado. Ainda mais uma filhinha cheirando a recém-nascida (tenho até saudade). Em tempo, a valsa da menininha, eu nem leio, pq é choro na certa. Rivaliza com`" o filho que eu quero ter".

Queila disse...

A valsa da menininha" é realmente muito emovionante. Eu já cantei MUITO essa musica para a Beatriz dormir.
O tempo voa mesmo.... aproveite cada minutinho!

Q

cecisantiago disse...

Poxa Keiko, que post lindo. Com direito a todo perdão do mundo pelo esquecimento (digo como segunda filha de certeirinha...). Nem fazia questão de ter uma filha mas depois dessa valsa...quero uma também!!!!!E esse trilinguak? Que figura!!!O daqui disse ontem para a babá: Pára (iii, é sem acento?) Dôdo (a pobre o incomodava com alguma coisa que ele não deveria estar fazendo)...ficamos de boca aberta, afinal começaram as 2 palavrinhas esse mês. Imagine em várias línguas?? Mil beijos, Ciça