10

Ufania

Você sempre amou sua pátria, mas é só quando você sai dela que você:

Usa Havaianas com bandeirinha do Brasil pra ir à qualquer lugar chique e fica se achando.

Vai ao show do Carlinhos Brown e grita a plenos pulmões e com ar de hino nacional letras que não querem dizer absolutamente nada como : "Olha, olha a água mineral" ou "A namorada...blá, blá, blá", só para os gringos do lado ficarem invejando sua brasilianidade. Você inclusive se compadece do compatriota no palco, cujos instrumentos se perderam no caminho e quando ele tenta explicar isso e outras coisas que soam como: "Todos pra direita, agora pra "oscurda" e ninguém entende lhufas, ou: "Agora a gente vai fazer um little Carnaval" e começa a tocar um funk, enquanto a gringa do lado pensa que samba, de olhos fechados, toda inspirada.

Você compra com meses de antecedência ingressos para o jogo da copa do mundo sub-20 e vai ao jogo, com bebê canadense vestido de Brasil, com camiseta do Brasil, chinela do Brasil, saia do Brasil, canga do Brasil, bolsa do Brasil, acessórios do Brasil - indumentária esta que você jamais usaria se estivesse por exemplo...no Brasil. Você dá até entrevista pra televisão, dizendo da importância do futebol para a comunidade brasileira e se enrola quando o repórter pergunta contra quem o Brasil vai jogar, quem é o astro da seleção, detalhes sem importância sobre os quais você não tem a menor idéia. E no jogo fica lá, se esguelando que nem uma maluca, o bebê freneticamente balançando uma bandeirinha, tocando pandeiro e tentando puxar uma "ola", enquanto novamente, os gruingos te olham invejosos. Todos torcem pelo Brasil, mas só você e sua troupe são brasileiros de verdade, uma amostra genuína do povo que todo mundo quer ser.

Você paga $2,80 por uma lata de Guaraná, e fica contando pra todo mundo como esta é a melhor bebida do mundo, assim como pão-de-queijo é o melhor petisco do universo. Você compra uma lata de Catupiry em visita aos EUA e a esconde no fundo do freezer para um momento muito, muito especial. Você come arroz e feijão todo dia e explica a quem quiser saber o quanto esta é uma alimentação balanceada que nosso povo sabiamente coloca na mesa todo dia, mesmo que no Brasil você nunca tenha tido esse hábito. Além disso, você conta pra mundos e fundos as maravilhas do suco de fruta fresco, de todas as variedades de frutas que eles jamais entenderão, da amenidade do nosso clima, de como tooooooodo mundo no Brasil é simpático e sorridente.

E é por isso que o tempo todo as pessoas (e as vezes até você mesma) te perguntam: Mas o que é que você está fazendo aqui?



O torcedor impressionado. E só pra esclarecer, essa aí não sou eu, é a Dinda do Torcedack. Eu queria colocar um vídeo aqui, mas não tenho a mais vaga idéia de como fazer isso...
Mural:
Deby: A cozinha acho que vou doar pra creche dele, pelo menos ele vai poder brincar lá, longe dos olhos do Papai das Cavernas. Pode deixar que no livro vai ter dedicatória especial pra você ;-)E eu não esqueci do "Laughing award", só sou enrolada mesmo.
Eva: Você é um gênio, o problema do título está resolvido, valeu! Agora já que você é boa de pitaco, me diga como eu faço pra colocar um vídeo nesse negócio? - A pergunta vale pras outras que são mais espertinhas do que eu, ou seja, todas.
Mariana: Fantástico ia ser fantástico, isso é que é incentivo! Já tenho 2 cópias vendidas, será que algum editor se interessa? hehe. Bom plano esse da garagem já que tecnicamente, ele vai estar brincando na garagem, lugar de homem, como todos sabem.

10 comentários:

Deby disse...

Ele tah ficando um homenzinho!!!

Breve, breve vc poerá colocar vídeo aqui. O novo Blogger tah chegando com a opção de vídeo.
Por enquanto, só é possível se vc disponibilizar o vídeo no youtube e depois postar o embed aqui. É meio complicado, mas não impossível.

Ia sugerir isso. Doar pra creche.
Vou cobrar a dedicatória, viu??

bjinho

Eva disse...

Eu pitaqueio, tu pitaqueias, ele pitaqueia, rsrsrs. Vamos aos pitacos então...
O vídeo deve estar disponibilizado em algum lugar, o youtube (www.youtube.com) serve. Você faz o upload lá e vão aparecer ao lado da imagem do vídeo dois links. Você pega o link “embed” e cola no seu post na janela editar html (é uma abinha do lado da janela que você costuma escrever). Cola lá, depois volta a escrever normal na janela que você tem costume. Antes de postar pede para visualizar, para ver se ficou no local que você queria.

Ah! Antes que me esqueça...eu moro por aqui mas também acho pão de queijo o melhor petisco do universo.

Inté.

Claudia disse...

Dona Brasuca-Uhu-Keiko ainda não sabe 'iutubar'?
Entra no youtube, abre uma conta, faz um upload do videozinho e depois copia o codigo que surge lá prontinho para colocar aqui no bloguinho!
Tá ficando moderrrrna hein? Mamãe prá-frentex, uhuuu! E vai deixar o Papai das Cavernas comendo poeira ao som de muita musica sertaneja...
Nossa! Ainda bem que esclareceu...achei que vc era uma japa loira!kkk...bjs

Sandra e Evaldo Vicente disse...

faltou dizer o que vc responde quando te perguntam o que esta fazendo aqui.
ainda nao fiquei fanatica, mas sei que e porque cheguei ha pouco tempo... mas, nao falo mal do brasil nao e quando me perguntam a razao de estar aqui a primeira coisa que vem a cabeca e a violencia, mas sei la... acho que tem muitos outros motivos.
;-)

Amanda disse...

Oi mulher...

é verdade que quando a gente está longe, se orgulha mmmuuiiitttooo mais do Brasil né?!

To louca para fazer tudo isso que vc faz por ai...kkkkkkkkkkk

Recebeu meu email? Foi enorme, mas da proxima fez eu faço ele bem menor tá?! kkkkkkkkkkk

Bom Fim de Semana para tu...

Bjinhus para tu chuchu...

***TATTY* disse...

Keikooooo...."Pediram" ...kkk... pra você passar lá no meu blog e porque tem um post especialmente pra vc, mas eu acho que faz tempo que vc não vai lá, pq nem falou nada....só que vai ter que procurar...Bjus

Suzi disse...

Fui ao jogo do Brasil com Honduras, ontem, pelo Pan. O público era esse aí, que você descreveu. Não era público de Flamengo e Vasco, no Maracanã. rs*
Eu fui apenas com uma camisa estilizada, do Brasil, mas confesso que não tem nenhuma graça você se enfeitar todo se o cara do lado também é brasileiro.
kkkkkkkkkkkkkkkk

beijos!

Anônimo disse...

Keiko, fazia tempo que tinha engavetado aquelas idéias sobre Montreal e o "sonho" de sair do Brasil... hj, a gaveta empoeirada se abriu e me lembrei do seu blog. Achei demais este seu post sobre o Brasil... muito bom, bjcas e espero que esteja tudo bem por ai.

danielle disse...

O ultimo comentário foi meu, da Dani Serafino.

Juliana disse...

Keiko, ótima definição! Todos os brasileiros exilados que conheço agem exatamente assim!
Por aqui, tá difícil sentir tanto orgulho. Não fosse o Pan, o jornal só teria notícia ruim!
Também levei um susto quando vi a foto! Fiquei pensando como nunca tinha te imaginado loira, que minha imagem mental era totalmente diferente... até ler o texto! Lindo bebê, linda dinda!!
Bjs.