6

Há vírus, por todos os lados, há virus em tudo que eu vejo

Não bastou febre e gripe (o que era estranho, já que Vacinack tinha tomado sua vacina), de repente, Princhuquinho ficou cheio de manchinhas vermelhas pela barriga e nas costas. Reação alérgica ao iogurte? - Um certo pânico por 5 segundos com imagens de todos os desdobramentos de alergias alimentares severas, liga pro "Info-santé" (um serviço bacaninha que tem enfermeiras 24 horas, você liga, descreve os sintomas e elas dão possíveis diagnósticos e soluções imediatas antes de levar ao médico, se necessário). A enfermeira tranquiliza, se for alergia, deve melhorar até amanhã, dar banho com bicabornato de sódio e passar Caladryl se estiver coçando, ok.

Amanhã chega e as pintinhas não somem, um clic na cabeça da mamãe dá o diagnóstico: Rubéola? Liga de novo pro Info-santé, agora mais preocupada já que iríamos encontrar uma amiga grávida...a enfermeira confirma, leva pro médico re-confirmar. Aparentemente, a febre no início da semana já era o primeiro sintoma. A primeira doença contagiosa de muitas, creio eu, grande estréia! Pelo menos Rubéola não coça. Mas onde foi que ele pegou isso? Contaminack não fica em creche por enquanto, mas aparentemente, há virus por todos os lados, deve ter sido em um desses chãos que ele anda lambendo por aí.

Apesar da fase de contágio teoricamente já ter passado, obviamente não quisemos ir espalhar nossos víruso por aí, os vírus são nossos, ninguém tasca! Resultado, por hoje, não teve nada de igreja, nada de almoço com o pessoal e o pior...nada de Raclete na casa dos amigos a noite, evento gastronômico pelo qual Mamãe Esfomiada esteve esperando a semana inteira...mas foi divertido ficar em casa, todos de quarentena. Rubeolack, alheio à sua condição moribunda, brincou o dia inteiro, despreocupado - uma verdadeira lição de vida pra esses homens por aí que ficam incapacitados por qualquer gripezinha...aprendam mancebos!

Enquanto isso, estou encomendando umas vestes daquelas de biosegurança para quem quiser visitar o pequeno e suas manchinas vermelhas.

6 comentários:

***TATTY* disse...

Tadinho do Zack! Mas já já melhora...

Marcia disse...

Alias eu recomendo colocar uma cabine de descontaminacao na entrada da sua casa assim a gente fica sem medo :)

Marcia disse...

Alias eu recomendo colocar uma cabine de descontaminacao na entrada da sua casa assim a gente fica sem medo :)

Sandra e Evaldo Vicente disse...

Caramba!
Meus filhos nunca tiveram rubéola.
E ainda tão pequenininho. Tadinho do Zack.
Eu tive com 3 meses minha mãe contou. Foi um sufoco na época.
Cuida direitinho dele.
;-)
Sandra

deby disse...

tive rubeola só na adolescência. pode?? era um saco. Ainda bem q ele não vai ficar tão traumatizado pq está em quarentena...rsrs
Melhoras p/ o zack.
bjocas p/ vc

Lilian disse...

Acho que não deve ser bem rubéola não, mas uma versão mais fraquinha, comum em bebês chamada Roseola.

Tou com preguiça de olhar os meus livros de bebê pra te dar mais detalhes, mas é mais ou menos assim: o bebê fica com uma febre alta por umas 24h ou ou pouco mais, mas o comportamento é normal, continua brincando, etc. A única coisa é que o bebê não fica muito empolgado com comidinhas. Daí depois que a febre vai embora, vem umas pintinhas vermelhas bem pequeninas pelo corpo todo. Daí vai embora e é isso aí...

O Kelvin teve e eu só descobri depois. Não é perigoso nem nada...

Esquenta não.