7

Shame on me!

Ai, vocês leitoras e amigas queridas, tão ingênuas e tão "apoiadoras" que me deixam realmente envergonhada...

Eu ia até deixar quieto, guardar os elogios e palavras de estímulo colocadas nos comentários e fingir que estava tudo certo, e ainda por cima sair contando vantagem, falando por aí como as pessoas pensam que eu faço as coisas, mesmo quando eu não faço...mas não consegui! Minha auto-flagelação, ou vergonha na cara, por melhor dizer, falou mais alto.

O post passado foi uma grande ironia com a minha pessoa, o que eu quis dizer na verdade (e pelo visto não ficou claro) é que eu DISSE que só ia fazer tais e tais coisas, se antes fizesse tais e tais outras coisas, mas na verdade eu NÃO FIZ nenhuma das outras coisas que deveria ter feito e mesmo assim fiz as primeiras coisas, as que eu não deveria ter feito se não tivesse feito as outras coisas...sinto que ficou um pouco confuso...deve ser efeito dos "trava-língua" (como é o plural disso?) que aprendi na aula de francês - este parágrafo é um clássico exemplo de "quando a emenda sai pior do que o soneto". Passemos ao próximo.

Bom...como os elogios já tinham sido dados, fiquei com vergonha e resolvi de fato fazer as coisas que deveria ter feito, de um jeito ou de outro, funcionou a estratégia, e como punição, vocês, caros leitores, por favor, não façam novos elogios! - Como percebe-se, aqui funciona bem o sistema de reforço positivo/negativo, Pavlov (o cara que fez o teste com os ratinhos, cachorrinhos e outros bichos "condicionáveis", desenvolvendo os primórdios da teoria comportamental de reforço) sabia do que falava. Tire o rato, bote uma mãe-pesquisadora-faxineira que não consegue estabelecer prioridades, o resultado é o mesmo; reforço positivo gera ação positiva.

Depois desta breve auto-análise e devidas retratações (quando alguém se retrata, isto é uma retratação?? Ou este é mais um termo do dicionário Keiko de neologismos?), vou terminar de fazer meus deveres, e SE eu fizer tudo direitinho, mais tarde eu volto com um post mais decente e menos confuso do que este...

7 comentários:

deby disse...

Não acredito. O tiro saiu pela culatra. Agora vai ter q compensar os elogios. bjocas e sucesso com as tarefas...hehe

Lilian disse...

Quá quá quá!

Essa foi boa!!! Na verdade eu gostei mais da emenda do que do sonteo!!!

Aceito sua retratação, mas FAÇA-ME o FAVOR, não volte aqui sem ter terminado tudo!!! (hahaha, brincadeirinha) :)

Bom, pelo menos eu não fiquei pra trás, continuamos na mesma ;)

Flávia disse...

Shame on you mesmo ! Então não só voltou para ler os comentários, como ainda escreveu outro post, ANTES de acabar suas tarefas ? Tsc, tsc.

Relaxa ! O que de pior pode acontecer se você não cumprir o que prometeu a si mesma ? Contanto que o Princhuquinho esteja feliz e bem alimentado, who cares ?

Beijinho.

Marcia disse...

Eh a parada ficou meio confusa. Agora estou naquela meio na duvida se leio o seu post de novo para entender ou se deixo para la. Eh acho que vai rolar a segunda opcao. Mas mesmo assim parabens.

Marcia disse...

Eh a parada ficou meio confusa. Agora estou naquela meio na duvida se leio o seu post de novo para entender ou se deixo para la. Eh acho que vai rolar a segunda opcao. Mas mesmo assim parabens.

Inêssa disse...

Retratação existe sim! E eu te entendo perfeitamente: esse FDS sai a monografia, desse mês não passa, e por aí vai. Tenho tanta vergonha....Ah, seu blog tinha q estar entre meus favoritos, ele é muito bom! Bjos

Keiko disse...

Flávia: Quisera eu que nada de pior pudesse acontecer, mas a verdade é que se eu continuar "lerdeando" posso perder minha bolsa de pesquisa d não ser aprovada pro doutorado...o que não é uma boa idéia! Devia ser proibido por lei a gente querer outras coisas que não a alegria e saúde dos nossos filhos...estes tempos modernos.