6

Cancela a dentadura

Fui tirar uma foto de um certo banguela sorridente aqui em casa semana passada e quando olhei a foto ampliada na tela, eis que vi algo despontando...sim, era um dente!

Alegria, certo? Errado. Ou melhor, alegria de dia, quando ele pode rastejar pela casa procurando algo pra morder, pesadelo de noite quando todos dormem e ele...continua procurando algo pra morder, penso eu. Eu que já estava pensando em encomendar uma dentadura para Banguelack, cancelei o pedido e troquei por um opiáceo qualquer que faça o menino dormir em paz, o pobrezinho.

Fomos a um retiro espiritual com o pessoal da igreja neste fim de semana, uma amiga atenta notou um companheiro ao lado do primeiro semi-dente, agora são 2. Esse tipo que anda em bandos, fazendo meu menininho sofrer. A sorte deles (dos dentes) é que, eventualmente, eles servirão pra outra coisa que não causar desespero e morder o queixo da mãe, se não, estariam "na roça", ninguém causa dor no meu filho e sai impune!

Pra compensar o estresse dentário, no tal do retiro e depois dele, nos divertimos um bocado (perceba o trocadilho...). Eu que ainda duvidava de quanta diversão podíamos ter na neste clima de pólo norte, tive minhas últimas dúvidas dissipadas. A vedete do fim-de-semana foi a "glissade", algo como tobogãs gigantes de neve, onde você desce escorregando em uma bóia. Princhuquinho-das-neves até queria ir também, mas pra ele só passeio de trenó e escorregadorzinho miniatura em esquema de rodízio (papai vai, mamãe fica, mamãe vai, papai fica) que já virou hábito.

Não menos importante, fez parte da diversão realizar alguns sonhos infantis que não foram possíveis na ida infância tropical. O primeiro foi comer marshmallow igual o Snoopy (preso em um gravetinho, queimado no fogo) iguaria à qual acrescentei meu toque pessoal: um pouquinho de Nutella - por essa Snoopy não esperava! - O segundo foi construir, com a ajuda de amigos tão bobos e empolgados quanto Crianceiko, um boneco-de-neve, com cenoura no nariz e tudo! Uma realização memorável...

Felicidade para todos. E enquanto duraram as atividades, esquecemos os dentes.

Um último comentário que não tem nada a ver com nada disso. Hoje recebi o resultado do exame de francês e não é que eu passei?! Tô aliviada, tô contente, tô metida, tô largando o curso de francês finalmente, mas não se preocupem em dizer parabéns, posso usar os elogios daquele penúltimo post já que até agora não fiz tudo o que vocês pensaram que eu tinha feito...

6 comentários:

Lilian disse...

Ah,.... os primeiros dentes, que lindo!!

O retiro parece que foi gostoso mesmo, que bom!! Estou morrendo de inveja, o nosso grupo na UMass (tivemos uma "igreja" na universidade por 3 anos, tocada por nós mesmos, em estilo pós-moderno -- começando com brunch e continuando com um "sermão" bem light) tinha uns retiros SUPER gostosos, no inverno, no acampamento da associação e era uma delicia. A comida então, nem se fala!!! AH.... e agora que estamos aqui não podemos aproveitar (se bem que dois anos e meio atrás a gente foi, eles convidaram).

Sandra e Evaldo Vicente disse...

Parabéns!!! Eu sabia! Eu te disse! Eu te disse!
;-)

deby disse...

Não querendo de amendrontar, mas pergunte a Flávia (do Iglu) o qto ela tem sofrido tb com os dentinhos do pacotinho dela...rsrs
Ai, eu preciso comer Nutella p/ saber o qto é bom.
bjocas

Eva disse...

Adorei receber uma visitinha sua lá no blog!
E que ótimo encontrar alguém que, como eu, quando está cheia de coisas para fazer sempre lembra de coisas importantíssimas para fazer como ligar para aquela amiga que você não fala desde o colégio, cortar as unhas ou atualizar o blog, rsrsrs.
Abraços para você e o mais novo ex-banguela.

Flávia disse...

Keiko,

Torci tanto para o meu filhote só ter dentes depois do primeiro aniversário, como a minha sobrinha, mas não. Pelo andar da carruagem, parece que ele vai ter 32 na festa de 1 ano ! Ai ai... Ninguém merece a mordida no peito !

Dica: cozinhe uma cenoura, corte em tiras grossas e ponha no congelador. Dê para ele morder, que anestesia a gengiva e mantém-no ocupado. Há também um biscoito super duro, feito de vegetais, que vende em casa de produtos naturebas, próprios para ex-banguelas.

Beijinho,
A Mãe Mordida.

Anônimo disse...

Sempre...
O frio comeca a ir embora, mais um inverno vai acabando e uma nova primavera vai chegando. Eh sempre assim...
Hoje, quando o sol nascer mais uma vez, sera um dia especial de alguem que eh muito especial pra mim. Sao 26 primaveras de alguem que esta sempre de bem com a vida e que eh sempre muita coisa:
Sempre aventureira. Decidindo mudar radicalmente de vida e me acompanhar num velho sonho de morar em outro pais.
Sempre talentosa. Piano, clarinete, compondo, cantando, escrevendo ou ate mesmo interpretando linguagem de sinais.
Sempre boa mae. Infinitas trocas de fralda, roupinhas sempre combinando e sempre fazendo questao de colocar toda a protecao de inverno no nosso filhote, mesmo que o caminho a percorrer seja de apenas poucos metros. Se mantendo informada de todos os assuntos relacionados a criancas, brincando, carregando, medicando, amamentando e muitos e muitos outros “andos”. Ah! Ja ia quase me esquecendo daquela religiosa passadinha de perfume no cangote, nem que seja so uma gotinha, pra ele ficar alem de bonitinho, bem cheiroso.
Sempre dedicada. Preparando as nossas refeicoes e agora papinhas bem nutritivas, cuidando das roupas e tentando (na medida do possivel) deixar a casa arrumada.
Sempre crista. Lembrando sempre no fim do dia, por mais cansativo que tenha sido, da licao da Escola Sabatina. De livros da Ellen White a ano Biblico, alem do nosso sagrado por-do-sol de sexta-feira em familia.
Sempre profissional. Conseguindo ao mesmo tempo ser mae, esposa, aluna, professora e tambem assistente.
Sempre alegre e sempre linda. Acho que eu nao preciso falar muito sobre isso...
Sempre me pergunto por que Deus foi tao bom comigo e colocou ela no meu caminho...
Sempre amiga, sempre sincera, sempre disposta, sempre.
Sim, essa eh a minha “Keikolandia”... Minha mulher, minha companheira, meu amor.
Pra voce, toda a felicidade do mundo!
Pra sempre seu...
Johnny